Vantagens e desvantagens do auto trading

Vantagens e desvantagens do auto trading

Trading é a prática de comprar e vender ações com o objetivo ganhar na oscilação dos ativos financeiros.

Auto trading é um dos termos usados para se referir a robôs investidores. Robôs que utilizam a prática de trading para tentar ganhar na oscilação das ações.

Robôs investidores são softwares de computador que analisam os gráficos de ações da bolsa de valores e fazem compras e vendas automaticamente utilizando uma estratégia previamente estabelecida.

Agora que temos o conceito bem explicado vamos falar sobre as vantagens e desvantagens da utilização destes softwares.

Principais vantagens do auto trading

  • Retirada do fator emocional na prática de trading.
  • Ganho de tempo ao deixar o robô executar automaticamente suas tarefas.
  • Resultados estatísticos mensuráveis do desempenho atual e passado da estratégia usada pelo robô.
  • Maior rapidez operacional
  • Diminuição dos erros operacionais

Desvantagens do auto trading

As desvantagens do auto trading são relativas e dependem da qualidade do robô utilizado e do conhecimento de mercado que um trader discricionário tem para competir com um robô.

OBS: Esses argumentos são válidos para um trader com mais de 10000 horas de trading e que possui um emocional inabalável.

  • Um ser humano pode ser mais inteligente que um programa de computador.
  • Um ser humano pode ver a “big picture” do mercado melhor que um programa de computador.
  • Um trader experiente e profissional consegue ter “insights” do movimento das ações.
  • Um ser humano pode usar seu emocional e o das outras pessoas como um indicador do próximo movimento das ações.

Caso o trader tenha a experiência e as habilidades apontadas nos tópicos acima ele tem boas chances de ser um trader mais eficiente que um robô investidor.

Resumindo a ópera

A escolha da utilização de robôs investidores é algo totalmente pessoal e devem ser levados em conta uma série de fatores.

  • Qual a qualidade do robô que eu estou usando?
  • Quais são as minhas reais habilidades de trading?
  • Faço o controle diário das minhas operações discricionárias afim de gerar estatísticas dos meus trades?
  • Sempre sigo o meu plano de trading?
  • Não me abalo emocionalmente com os resultados de minhas operações?
  • Pensando na gestão do meu tempo, é mais lucrativo para mim operar o mercado ou vale mais apena deixar um robô operando e me dedicar à outras atividades?
  • Qual o meu objetivo de operar o mercado, otimizar meus lucros ou me divertir sentindo a adrenalina de operar ações?

O número de perguntas é infinito mas essas acima já dão um bom começo para que você possa tomar uma decisão racional.

Agradeço a participação e audiência.

Grande abraço

Rafael Zimmerman

CEO Metarobôs

Fontes: wikipedia,LeandroStormer,infomoney.

Deixe uma resposta